Ilha do Sal
CABO VERDE

scroolldown-oásis-04-1

Cabo Verde é...

Sinónimo de gastronomia rica, com a tradicional Cachupa, o conhecido Bife de atum, o Xerém ou ainda o Modjo típico de São Nicolau.

A arte da Morabeza, que espelha o carinho com que nos recebem, é o símbolo da Sodade, tal como nos mostrou a voz de Cesária Évora, e do Cretcheu, o lado doce e romântico de um povo.

Uma melodia calma e terna como a Morna, é o ritmo quente do Funaná.

Um modelo de democracia, estabilidade e crescente prosperidade. Facto esse comprovado pela atribuição do prémio Mo Ibrahim ao ex-Presidente Pedro Pires, como forma de reconhecimento pelos seus feitos em termos de direitos humanos e boa governação, em que Cabo Verde se tornou o segundo país africano a elevar-se da categoria dos Menos Desenvolvidos da ONU.


parallax background
 

Ilha do Sal


É uma das menores ilhas habitadas, estendendo-se por 30 km de comprimento e 12 km de largura, com uma distância de cerca de 50 km em linha reta da Boa Vista, ilha mais próxima.

O concelho do Sal é constituído apenas por uma freguesia: Nossa Senhora das Dores.


HISTÓRIA

Por não possuir água potável a ilha conheceu o abandono até ao século XIX quando, a partir de 1833 se iniciou a exploração de sal na localidade de Pedra de Lume. Essa atividade deu início ao povoamento.

Com o objetivo de constituir um ponto de escala para os voos com destino à América do Sul, em 1939 foi construído, por iniciativa italiana, o "Aeroporto Internacional da Ilha do Sal". É nesta altura que surge a implantação de sistemas de captação de água pluvial, possibilitando o incremento do povoamento, sobretudo através da migração interna no arquipélago, nomeadamente a partir da ilha de São Nicolau.

O aeroporto foi renomeado após a independência como Aeroporto Internacional Amílcar Cabral.
NATUREZA

O Sal tem cerca de 35.000 habitantes e está próximo do continente africano, o que o torna vulnerável ao vento quente e seco do deserto que transporta a areia do Saara.

A planura extrema, apesar da sua origem vulcânica - a inexistência de montanhas com exceção no norte da ilha, que condensem a humidade atmosférica faz com que seja uma ilha muito árida com extensas praias de areia branca e com um clima ameno com pouca variação da temperatura, entre os 24º e os 30º.
PONTOS DE INTERESSE

A Ilha tem salinas naturais e artificiais e piscinas rochosas naturais, destacando-se a designada por Buracona, na costa ocidental norte da ilha.

A Cidade de Espargos é a capital e a cidade com mais habitantes. Santa Maria, ao sul, é o centro turístico e o segundo maior centro populacional da ilha, dispondo de uma boa estrutura hoteleira.

Palmeira sendo uma vila essencialmente piscatória encontra-se a oeste da Cidade de Espargos. Pedra de Lume a 4 km a este de Espargos é uma localidade com cerca de 100 habitantes onde podemos encontrar as maravilhosas salinas.
CULTURA

Para além do português oficial, o crioulo cabo-verdiano é usado no dia-a-dia pela maioria da população do Sal.

A personalidade mais conhecida da Ilha foi o cantor e compositor Ildo Lobo, falecido em 2004. A sua voz versátil e melódica e a sua poderosa presença em palco fizeram dele um dos maiores intérpretes de sempre.

LOCAIS A VISITAR

Vila de Santa Maria


A 5 minutos a pé do Hotel, alberga além dos habitantes de origem cabo-verdiana, que constituem a maior parte da população, uma apreciável comunidade senegalesa, portuguesa e italiana. Santa Maria situa-se junto a uma extensa praia de areia clara e mar azul cristalino e o pontão de Santa Maria recebe diariamente pescadores que ali descarregam o peixe, fruto da sua pesca, todas as manhãs. Vê-se chegar atuns e outras espécies, que, muitas vezes, são negociadas e vendidas no próprio local. Existem também vários restaurantes, oferecendo especialidades cabo-verdianas, portuguesas, italianas, entre outras. O marisco fresco pode ser apreciado em muitos deles. As cracas, os percebes, o camarão e as lagostas são apenas alguns exemplos. Alguns destes estabelecimentos apresentam também música cabo-verdiana ao vivo. Existem inúmeras lojas de artesanato, sendo muitas delas pertencentes a imigrantes de origem senegalesa. A venda de frutas e legumes é uma prática comum, existindo também diversas mercearias fornecendo também esses e outros produtos alimentares.

Salinas de Pedra de Lume


Pedra de Lume é uma localidade situada na costa leste da Ilha do Sal. Situa-se junto ao mar, possuindo uma praia integrada numa paisagem de beleza assinalável. Nas suas imediações, na cratera de um antigo vulcão, para dentro da qual as águas do mar acabam por se infiltrar e, mais tarde, por se evaporar, encontram-se as Salinas de Pedra de Lume, cujo sal dá nome à Ilha do Sal. Uma grande parte do sal produzido na ilha é tratado numa fábrica existente em Pedra de Lume. Numa parte das salinas, é possível tentar mergulhar nas suas águas, que apresentam uma elevada concentração de sal. Essa elevada densidade de sal impede que as pessoas consigam ir ao fundo, permitindo-lhes boiar sem qualquer esforço.

Cidade de Espargos


Espargos é a sede do Concelho do Sal e a maior cidade da Ilha. Está situada perto do aeroporto, que está na génese da sua criação e crescimento.

Buracona – Piscina Natural


É uma pequena baía localizada a aproximadamente 4 km a oeste da capital da ilha, Espargos.

OASISATLANTICO.COM